Série fotográfica "I Had An Abortion" dá espaço para mulheres falarem sobre aborto

Série fotográfica “I Had An Abortion” dá espaço para mulheres falarem sobre aborto

Projeto tem a intenção de dar rostos a um assunto que ainda é tabu em quase todo o mundo

por Soraia Alves

Desde 2005, a fotojornalista Tara Todras-Whitehill tem fotografado diferentes mulheres com a intenção de dar rostos a um assunto que ainda é tabu em quase todo o mundo: o aborto.

O projeto “I Had An Abortion” traz histórias de mulheres que fizeram abortos, a fim de aumentar o diálogo sobre o assunto. Em entrevista ao Buzzfeed News, a fotógrafa e co-fundadora da Vignette, agência de storytelling com foco em questões humanitárias, diz que a intenção da série é desmistificar o aborto: “Quando você fala sobre aborto, há sempre lados extremos e as pessoas nunca se encontram no meio e não falam sobre isso. Como resultado, as pessoas gritam umas com as outras e elas nunca ouvem outro lado está dizendo”, comenta.

Foto: Tara Todras-Whitehill

Todas as mulheres foram fotografadas com uma camiseta que traz o título do projeto, e todas também deram depoimentos contando suas histórias, como a de Barbara Ehrenreich, de 64 anos, que teve dois filhos, mas também fez dois abortos ao longo da vida: “A honestidade começa em casa, por isso devo reconhecer que fiz dois abortos durante meus anos férteis demais … A escolha pode ser fácil, como no meu caso, ou verdadeiramente agonizante”, conta.

Foto: Tara Todras-Whitehill

Para a fotógrafa, ver rostos e ler histórias ajuda outras pessoas a entenderem situações e contextos diferentes dos seus: “É isso que ajuda as pessoas a realmente entender e ter empatia. Acho que, quando você se vê no lugar do outro, é quando as coisas começam a mudar”.

Foto: Tara Todras-Whitehill

Todas as fotos da série estão disponíveis aqui.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link