Com 10 anos de vida, “Minecraft” ainda mantém 112 milhões de usuários ativos por mês

Número representa um aumento de 20 milhões de jogadores em relação aos números divulgados pela Microsoft em outubro do ano passado

por Pedro Strazza

Embora o jogo do momento seja “Fortnite”, por incrível que pareça quem ainda está muito bem, obrigado no mercado de games é “Minecraft”. É o que diz pelo menos Helen Chiang, diretora do departamento da Microsoft responsável pela administração e manutenção do game, que em entrevista ao Business Insider declarou que a plataforma hoje mantém cerca de 112 milhões de usuários ativos por mês.

O valor é impressionante dado que ele ainda representa uma taxa de crescimento para o game, que não apenas fez dez anos de vida em maio mas também viu aumentar sua base de jogadores em 20 milhões desde a última medição, em outubro de 2018. Só para se ter uma ideia da escala do negócio que é o jogo, “Fortnite” em agosto do ano passado reportou uma comunidade de 78,3 milhões de usuários, enquanto o concorrente “Roblox” só recentemente bateu os 100 milhões de gamers.

De acordo com Chiang, esta preservação da popularidade da produção acontece porque “Minecraft” pelo visto é algo que o público adora jogar de tempos em tempos. “O que nós descobrimos é que é um jogo que os jogadores continuam voltando. Ele pode ser não sempre o que está no destaque, porque ainda há um monte de grandes games saindo toda semana, mas é um que as pessoas adoram voltar.” afirma a executiva na entrevista.

Indo para além do alto valor de retorno, o fato é que a marca “Minecraft” vem se mantendo saudável graças ao esforço da Microsoft em justificar a aquisição milionária do jogo em 2014 – quando pagou 2,5 bilhões de dólares pelo game e a Mojang que é seu estúdio criador. Além de espalhar a produção para múltiplas plataformas (incluindo os smartphones), a companhia lançou extensões como o segmento de realidade aumentada “Minecraft Earth” para renovar o interesse sobre o game.

Compartilhe: