Spotify agora vai perguntar aos usuários que tipo de podcasts mais interessa ouvir

Opção será disponibilizada a partir de hoje para contas gratuitas em 10 países (incluindo o Brasil) e visa melhorar desempenho do algoritmo quando o assunto é podcast

por Pedro Strazza

2019 foi um ano de grande investimento em podcasts para o Spotify. Começando pela compra da Gimlet e da Anchor no primeiro trimestre, o streaming de música fez de tudo para se tornar referência maior no mercado, incluindo criar programas exclusivos para a plataforma com nomes como os Obamas e Kevin Bacon, criar um “Descobertas da Semana” especial para a modalidade e permitir a inclusão de episódios em playlists.

Mas depois de até incluir o formato em sua tradicional retrospectiva de fim de ano, agora a companhia quer a melhor customização possível de oferta de podcasts para cada usuário. A partir de hoje (13), o Spotify vai criar uma opção em seu servidor para contas gratuitas que permitirá ao público literalmente escolher os temas que mais os atraem quando o assunto é programa de áudio – assim melhorando ao máximo o desempenho do algoritmo nas playlists especiais dedicadas a área.

Por enquanto previsto para ser lançado em dez territórios – incluindo Brasil, Estados Unidos, Dinamarca, Reino Unido, Canadá, Suécia, Austrália, México, Irlanda e Nova Zelândia – o recurso obviamente visa melhorar a experiência dos usuários de podcasts com o serviço, mas também deve ajudar o Spotify com o tipo de “produção original” que será mirado para cada território nos próximos meses. Estes questionários, afinal, também fornecem dados importantes para a empresa, norteando que categorias são mais populares em cada país selecionado.

Este esforço não é feito à toa. Só para ter uma ideia do nível de retorno, o Spotify em outubro confirmou que a base de usuários que escutam podcasts no serviço chegou a 113 milhões no terceiro trimestre, com os Estados Unidos e o Brasil liderando o ranking de streams de episódios.

Compartilhe: