“Mulan”, “Novos Mutantes” e “Antlers” são os mais novos filmes adiados por conta do coronavírus

Hollywood agora está sem grandes lançamentos nos cinemas até a segunda semana de abril

por Pedro Strazza

O calendário de Hollywood para março de 2020 está extinto de vez. Depois de voltar atrás na decisão de manter os parques abertos durante a pandemia do coronavírus, a Disney anunciou no fim da tarde desta quinta-feira (12) uma série de adiamentos de seus lançamentos nos cinemas.

Os filmes, no caso, são “Mulan”, “Novos Mutantes” e “Antlers”, cujas estreias foram canceladas devido ao que a companhia define como uma “abundância de precaução”. Previstos respectivamente para 27 de março, 3 de abril e 17 de abril, os três projetos não foram remarcados no calendário, com a Disney declarando que mais para frente vai “analisar potenciais novas datas de lançamento para 2020”. Dessa forma, o próximo lançamento do estúdio agora acontece só no dia 1° de maio com “Viúva-Negra”.

Os três títulos se juntam ao que agora é uma lista de produções adiadas devido à pandemia do coronavírus, incluindo aí “007: Sem Tempo Para Morrer”, “Um Lugar Silencioso – Parte II”, “Peter Rabbit 2” e “Velozes e Furiosos 9”. Nos Estados Unidos, a previsão agora é de que o próximo filme com distribuição garantida em todo território seja “Trolls 2”, que teve estreia adiantada para o dia 10 de abril depois do novo “James Bond” ficar para o segundo semestre.

Sem lançamentos e com os temores de maior disseminação do COVID-19 no território, a expectativa agora é de que as grandes redes de cinema nos Estados Unidos também fechem as portas durante o período – algo que o Wall Street Journal diz já estar sendo traçado pelas organizações.

Em meio a tudo isso, a piada que fica é com “Novos Mutantes”, o qual está desde 2017 para ser lançado nos cinemas. O filme é a última grande vítima da compra da 21st Century Fox pela Disney, e desde a burocracia da compra está ganhando novas datas de estreia.

Vale ressaltar que, de acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil conta agora com 77 casos confirmados de pessoas infectadas com o coronavírus. Segundo médicos e especialistas em saúde, a melhor forma de evitar a doença e suprimir seu contágio é cobrindo a boca e o nariz com o antebraço ao espirrar, evitando aglomerações e o contato com pessoas infectadas.

Compartilhe: