v8w9LEje62ThZzIXYOFylemqFUN
Imagem: Divulgação

Apple deve terminar 2021 com investimento de mais de US$ 500 milhões em marketing do Apple TV+

Serviço também aumentar ritmo de lançamentos para um por semana em 2022

por Pedro Strazza

Prestes a completar dois anos no mercado, o Apple TV+ sem dúvida se mostra consolidado no disputado cenário do streaming. De piada e incerteza absoluta, o serviço da Apple chega à reta final de 2021 com uma série favorita ao Emmy de comédia e uma coleção pequena mas considerável de títulos populares ou com audiência estabelecida, de “Ted Lasso” e “Mythic Quest” a “The Morning Show” e “For All Mankind”.

A questão, porém, é manter essa boa onda acontecendo, e para tal fim a companhia não vai economizar. De acordo com o The Information, a Apple pretende investir até o fim do ano mais de 500 milhões de dólares em divulgação do serviço e de seu catálogo, além de planos atuais de dobrar o volume de lançamentos da plataforma para 2022. A ideia é ter pelo menos uma série ou filme saindo por semana no próximo ciclo, o que obviamente mais do que dobra a periodicidade de novidades do streaming – que hoje gira em torno de uma a duas produções por mês, ancorado de maneira firme no formato de episódios semanais.

As informações obtidas pelo veículo acompanham a notícia de que o Apple TV+ também conseguiu manter o seu número de assinantes registrados no fim de 2020, então estimado em 40 milhões. Enquanto o volume é pequeno quando comparado a concorrentes como a Netflix e o Disney+, para a Apple é uma vitória dado o cenário: o serviço encerrou no meio do ano o período gratuito estendido a todos os clientes que garantiram acesso ao comprar produtos da marca, e o Information diz que do total aproximadamente metade paga pelo streaming – a outra estaria com conta em fase gratuita, por promoções diretas ou indiretas da empresa.

Enquanto a Apple não fez qualquer comentário sobre os dados, os valores circulados não apenas mostram que a empresa segue comprometida com o serviço mas também estão de acordo com os próximos passos a serem dados pelo TV+ nos próximos meses. Enquanto séries aguardadas como “Fundação” e a segunda temporada de “The Morning Show” começam a ser exibidas em breve, o serviço também deve passar por uma temporada de premiações mais interessante que a (já bem sucedida) deste ano, com “No Ritmo do Coração” e “Macbeth” provavelmente recebendo investimentos significativos de publicidade para chegar no Oscar.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link