Gillette aborda dramas da puberdade masculina em nova campanha

Trabalho mostra como os jovens lidam com o surgimento dos primeiros pelos de bigode, que quase sempre geram provocações dos colegas

por Soraia Alves

Na Espanha, a nova campanha da Gillette aborda como a puberdade também pode ser cruel com os meninos. O vídeo mostra como os jovens lidam com o surgimento dos primeiros pelos de bigode, que quase sempre geram provocações dos colegas.

A campanha “A Moustache | My Moustache”, criada pela Proximity Spain incentiva os meninos a não se intimidarem e exibirem com confiança o bigode inicial. De acordo com Eva Santos, diretora de criação da Proximity Worldwide, a ideia do anúncio já estava em desenvolvimento há alguns meses “com base no incentivo aos homens para encontrar sua própria voz além de estereótipos sobre a masculinidade imposta”, conta.

A Gillette resgatou o mote “The Best a Man Can Get” no começo do ano, a fim de atualizar o significado de masculinidade. Desde então, a marca tem lançado comerciais intensos e com uma abordagem significante, incluindo o vídeo de “First Shave”, que mostra a primeira vez que um adolescente transgênero faz a barba.

A nova campanha continua com foco nos jovens e em como as primeiras experiências podem criar ideias erradas e tóxicas sobre a masculinidade.

Com a divulgação da campanha, a Gillette também lança uma parceria com escolas primárias e secundárias na Espanha para o desenvolvimento de um programa de debate com meninos de 14 a 16 anos de idade, que espera “ajudar os jovens a se aceitarem como são e romper qualquer barreira que os impeça de serem eles mesmos”.

A marca também anunciou que doará US$ 1 milhão por ano, pelos próximos três anos, a organizações sem fins lucrativos como a Boys & Girls Clubs of America, a fim de apoiar esforços mais amplos para promover uma nova compreensão cultural da masculinidade.

Compartilhe: