Rebrand-NRP-Header

Facebook redireciona Messenger como “futuro das mensagens” com novo logo

Companhia quer tornar aplicativo num espaço de conexões, muito além do chat de mensagens da premissa original

por Pedro Strazza

O Facebook divulgou no fim da última terça (13) um novo logo para o seu Facebook Messenger que marca um novo redirecionamento do aplicativo dentro do ecossistema da companhia de Mark Zuckerberg. A mudança é simples: ao invés do tradicional “azulzão” do antecessor, a nova logomarca dá alguns gradientes de rosa ao ícone de mensagens.

Na divulgação oficial da mudança, o vice-presidente do app Stan Chudnovsky escreve que o logo marca a “evolução contínua” do Messenger em direção à criação de um espaço “para se divertir com suas amizades e pessoas favoritas” no ecossistema da empresa. “Com mais de um bilhão de usuários ao redor do globo, nossa missão é ser uma forma universal de se conectar e continuar junto de outros. Esta missão nunca foi mais importante do que agora, conforme as pessoas ao redor do globo buscam espaços online privados para se manter conectadas” diz o executivo no blog oficial da companhia.

A declaração é coerente com todas as mudanças tomadas pela empresa nos últimos meses, que vem expandindo o conceito de ser um app de conversas para outras funções e integrações como a tocada com as mensagens do Instagram. Desde o início da pandemia do coronavírus, o Messenger ganhou uma função de videochamadas com múltiplos participantes e a habilidade de compartilhar a tela com outros dispositivos, além de permitir exibição simultânea de conteúdos do Facebook Watch com grupos de amigos.

Além da nova identidade visual, a companhia também lançou esta semana novos temas coloridos de chat e promete para os próximos meses a possibilidade de criar stickers em cima de selfies e uma modalidade de mensagens que desaparecem após um período de tempo.

Compartilhe: