cover-netflix7 (1)

Netflix anuncia doação de R$ 3 milhões para apoiar audiovisual negro no Brasil

Doação vem de um fundo de US$ 150 milhões da própria companhia

por Matheus Fiore

A Netflix anunciou que fará uma doação de R$ 3 milhões ao Fundo de Amparo a Profissionais do Audiovisual Negro (FAPAN). O dinheiro beneficiará 857 profissionais autônomos e 275 representantes legais de empresas vocacionais. As inscrições para artistas que desejam ter apoio do Fundo serão abertas no dia 21 de março, em celebração ao Dia Internacional Contra a Discriminação Racial.

A verba chega em um momento em que a produção audiovisual brasileira sofre muito em virtude das paralizações geradas pela pandemia do novo coronavírus. O Fundo ajudará, portanto, artistas negros independentes a tocarem projetos. Mesmo que a doação represente uma quantia pequena para uma empresa que vale centenas de bilhões de dólares, ela pode ser significativa para profissionais autônomos que desejam realizar pequenos projetos.

“Palavras como diversidade e representatividade não dão mais conta da multiplicidade da negritude. Nossas histórias são urgentes, ao passo em que mais pessoas querem se ver refletidas em diferentes telas”, afirmou Rodrigo Antonio, sócio-diretor da Associação dos Profissionais do Audiovisual Negro, em comunicado sobre a doação da Netflix. Como ressalta o discurso de Antonio, doação é importante não só pelo incentivo financeiro, mas por viabilizar que mais histórias sejam contadas a partir do olhar de artistas negros.

A doação vem de um fundo de US$ 150 milhões da própria Netflix, que foi criado para apoiar o mercado cinematográfico de países onde a empresa tem uma grande produção. Ao todo, mais de 20 países já foram beneficiados pelo projeto, e o Brasil, um dos principais mercados do streaming, se tornou um deles.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link