Em novo videoclipe, Paul McCartney rejuvenesce 60 anos com deepfake

Tecnologia foi usada para inserir rosto da versão de 19 anos do músico no corpo de Beck

por Matheus Fiore

O ex-Beatle Paul McCartney completou 79 anos em junho deste ano, mas surgiu com aparência de 19 anos no novo clipe de sua música “Find My Way”, feita em colaboração com Beck, para seu vindouro álbum “McCartney III Imagined”. O clipe foi lançado no YouTube no dia 22 de julho, e já superou 2 milhões de visualizações.

Por mais que o vídeo não traga um Paul McCartney totalmente convincente – afinal, todos conhecem muito bem o rosto do líder da banda mais famosa da história do rock – não deixa de ser interessante ver o inglês experimentar a tecnologia para inovar na produção.

É também uma coisa incomum vermos artistas grandes utilizando a tecnologia, que costuma ser usada apenas como piada na internet, vide os tiktokers brasileiros que imitam astros como Justin Bieber e Will Smith. Curiosamente, no fim do vídeo, o jovem McCartney tira uma máscara e mostra que o intérprete era Beck o tempo todo. Ou seja: o rosto do jovem Paul foi inserido digitalmente sobre o de Beck.

Após muitos anos sendo vista como uma novidade tecnológica perigosa, os deep fakes têm se popularizado pelas possibilidades artísticas que eles trazem. Recentemente, por exemplo, a Flawless criou um software que sincroniza os lábios dos atores com a dublagem, permitindo que os filmes fiquem com movimentos faciais e labiais verossímeis em quaisquer idiomas.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link