Clicky

Campanha usa corrente de WhatsApp para informar sobre prevenção da AIDS

Campanha usa corrente de WhatsApp para informar sobre prevenção da AIDS

"WhatsAids" quer ajudar a desmitificar o medo sobre o contato na vida real com pessoas portadoras do vírus HIV

por Soraia Alves

Grupo Dignidade, organização sem fins lucrativos de Curitiba, criou uma campanha especial para o mês de luta contra a AIDS utilizando a ideia geral das correntes do WhatsApp.

Em “WhatsAids”, assinada pela Agência Mirum, o objetivo da “Corrente+” é usar o contato virtual para desmitificar sobre o contato na vida real com pessoas portadoras do HIV, além de informar sobre a prevenção da doença.

Apesar de não ser uma fonte totalmente segura de informação, a troca de mensagens entre grupos e amigos facilita o debate e a formação de opinião. Com isso, a ONG espera que mais pessoas entendam como o HIV é transmitido e que os portadores do vírus não o transmitem através de simples situações como o contato pessoal.

O Grupo Dignidade, fundado em 1992 em Curitiba, atua na área da promoção da cidadania de pessoas LGBTI+. A organização foi a primeira voltada para esse público a receber no Brasil o título de Utilidade Pública Federal.

 

Compartilhe: