fbpx

Cannes Lions 2021: Libresse confirma favoritismo e vence GP de Titanium com “Womb Stories”

Campanha brasileira "Eu Sou", enquanto isso, vence o GP de Glass

por Pedro Strazza

Deu a lógica no Cannes Lions 2021. Depois de vencer os Grand Prix de Health, Film Craft e Film durante a semana, a campanha “Womb Stories” da Libresse superou os feitos da “antecessora” “Viva La Vulva” e faturou o GP de Titanium no festival.

Lançada em julho do ano passado e preparada pela AMV BBDO – que também recebeu o prêmio de agência do ano – junto da Framestore, a campanha monopolizou atenções na premiação deste ano por buscar romper os inúmeros tabus em torno do útero feminino, seja qual for a fase da vida. O tema forte é bem embalado por um comercial de mais de 3 minutos que reúne as diversas “histórias do útero” do título, desde a infância até fases mais maduras, por meio de variados estilos de animação.

Além do grande vencedor, o júri de Titanium também concedeu leões maiores da categoria a mais seis campanhas, incluindo a “Stevenage Challenge” do Burger King que faturou os GPs de Social & Influencer, Direct e Brand Experience durante a semana. Junto dela foram contemplados a “Boards of Change”, da FCB Chicago para a cidade de Chicago; a “Contract for Change”, das FCB Chicago e New York para a Michelob Ultra Pure Gold; a “You Love Me”, da Translation para a Beats by Dr. Dre; a “Corona the Match of Ages”, da We Believers para a AB InBev; e a “Enjoy before returning”, da Publicis Italy para a Diesel.

Por fim, vale dizer que a brasileira VMLY&R Brazil venceu o GP de Glass deste ano com a campanha “Eu Sou”. Feita para o Starbucks, a campanha destacou o comprometimento com o público transgênero ao tornar unidades da rede em locais de retificação do nome.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link