linkedin
Imagem: Reuters

LinkedIn representa lucro de US$ 10 bilhões por ano para Microsoft

Empresa foi comprada por apenas US$ 26 bilhões há cinco anos

por Matheus Fiore

A Microsoft revelou que o LinkedIn já representa um lucro de impressionantes US$ 10 bilhões (cerca de R$ 50 bilhões na cotação atual) por ano para a empresa de Bill Gates. A notícia surgiu após a Microsoft divulgar o balanço fiscal do último trimestre de 2021, e apontou que a rede social subsidiária da companhia cresceu 46% no último ano.

Segundo o ZDNet, o crescimento se dá pela alta demanda por anúncios e soluções de marketing na plataforma. Segundo executivos, esses índices cresceram 97% no último ano. É também a primeira vez que negócios relacionados a anúncios em redes sociais ultrapassaram US$ 1 bilhão.

É apenas o terceiro empreendimento da Microsoft a atingir o lucro anual de US$ 10 bilhões. Além do LinkedIn, a empresa de Bill Gates também bateu a marca com o sistema de segurança da Microsoft e com sua atuação no mercado de games (vale lembrar que a Microsoft é dona de um dos consoles mais rentáveis do mundo, o Xbox, que acabou de lançar sua nova geração, no fim de 2020).

A Microsoft adquiriu o LinkedIn em 2016 pela bagatela de US$ 26,2 bilhões. Desde então, tem trabalhado para potencializar o alcance da rede social com foco no mercado de trabalho. Apesar de ainda estar longe de ter o alcance de um Instagram ou um Twitter, o cenário é extremamente positivo dado o fato de que o LinkedIn é, por essência, uma plataforma nichada para o mercado de trabalho.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link