cover-facebook7

Facebook testa rede social de comunidades pequenas para você se aproximar dos vizinhos

Ideia do Neighboorhoods é criar rede nichada para moradores de uma região - e claro, utilizar os dados coletados para anúncios ainda mais segmentados

por Matheus Fiore

O Facebook está com um novo projeto para expandir seu domínio sobre as redes sociais. A empresa confirmou estar trabalhando em um projeto que encoraja os usuários a compartilharem conteúdo com as pessoas mais próximas. Em vez de discutir a pandemia do novo coronavírus ou o jogo do seu time favorito, você será incentivado a falar sobre os acontecimentos da sua vizinhança.

Para isso, o Facebook permitirá que você crie perfis especiais que podem compartilhar informação limitada aos seus vizinhos. A empresa, claro, utilizará o projeto para coletar dados e disparar propagandas mais segmentadas e relevantes para os usuários. O curioso é que algo parecido já ocorre em grupos fechados do próprio Facebook. Não é raro encontrar, por exemplo, grupos dedicados às notícias e fofocas dos moradores de determinado bairro.

A novidade se chama Neighborhoods (ou “Vizinhanças”, em português), e está sendo testada unicamente em Calgary, no Canadá. Caso o experimento seja bem sucedido, é bem provável que a empresa de Mark Zuckerberg expanda para toda a América do Norte e, depois, para o mundo. No Twitter, alguns usuários de Calgary já começaram a postar capturas de tela mostrando como funciona o Neighborhoods.

https://twitter.com/MattNavarra/status/1318674038017896449

Outrora a principal rede social do mundo, o Facebook aos poucos perdeu espaço para dois segmentos diferentes: o das redes focadas em conteúdo audiovisual – Instagram e TikTok – e o das mensagens privadas – WhatsApp e Telegram. Muitos especialistas acreditam que as interações privadas sejam o futuro das redes sociais, o que justifica, então, o Facebook ter comprado, além de o Instagram, o WhatsApp.

Com o Neighborhood, o Facebook tenta encontrar um meio-termo entre sua plataforma principal e as mensagens diretas, substituindo as postagens abertas para milhares ou milhões de pessoas por conteúdos mais nichados e pessoais. Vale lembrar, porém, que o que o Facebook tenta com o Neighborhood é bastante semelhante ao que o NextDoor já oferece.

Compartilhe: