cover-zap2

WhatsApp considera usar impressão digital para liberar acesso na versão web

Teste só permite uso da versão do app para desktop se usuário escanear seu dedo no aplicativo

por Pedro Strazza

O WhatsApp colocou no programa de testes do Google Play nesta quinta (17) uma nova atualização que experimenta permitir ao usuário que acesse a versão web do aplicativo com sua impressão digital. A informação vem do WABetaInfo, que confirma a opção de segurança como parte da versão 2.20200.10 beta da plataforma.

A ideia é justamente reforçar a proteção da conta na hora de fazer a transição de uso do celular para o computador, dado que atualmente o WhatsApp permite o acesso imediato à versão web a partir do momento que o usuário escaneia o código QR com o smartphone – o que é um problema se o PC for de uso coletivo. Com a impressão digital, este acesso passa a ser intermediado pelo ato do indivíduo acessar o aplicativo e escanear o dedo na seção abaixo.

O recurso ainda é listado como nos estágios iniciais de desenvolvimento pela companhia, mas não há no momento informações se ele vem para substituir o modelo atual do código QR ou acrescentar mais uma camada de verificação ao processo.

Vale lembrar que o WhatsApp vem elaborando um novo sistema que permitiria a diversos usuários usarem simultaneamente uma mesma conta em seus respectivos celulares, um plano que de fato exige maior cuidado na segurança dos perfis da rede social – afinal, a companhia estaria considerando aceitar que mais pessoas manipulem uma conta e, portanto, mais riscos para a criptografia da plataforma.

Compartilhe: