fbpx
lampadas-halogenas

Lâmpadas halógenas estão proibidas na Europa

Desde o último sábado, lâmpadas do tipo estão proibidas de serem comercializadas nos países da União Europeia

por Soraia Alves

Desde o último sábado, 01/09, as lâmpadas halógenas estão proibidas de serem comercializadas na Europa. A lei vale para todos os países membros da União Europeia e segue os requisitos de eficiência energética estabelecidos pelas diretrizes da UE.

Estabelecimentos que ainda têm esse tipo de lâmpada no estoque poderão vendê-las, mas do contrário apenas versões de LED e fluorescentes têm permissão de serem comercializadas.

A eliminação do mercado de lâmpadas de halogêneo enquadra-se na estratégia europeia de redução das emissões de CO2. Desde 2009, algumas medidas vem sendo implantadas nos países da UE, principalmente em relação a proibições de produtos considerados nocivos ao ambiente. Progressivamente, diferentes fontes de iluminação foram retiradas do mercado devido ao não cumprimento dos requisitos mínimos de desempenho cada vez mais rigorosos.

No caso das lâmpadas, este parâmetro refere-se à quantidade de luz produzida em relação à quantidade de energia consumida. A retirada das lâmpadas halógenas do mercado estava prevista para 2016, mas quando a data chegou, os fabricantes declararam que não conseguiriam oferecer ao mercado um produto com qualidade suficiente e preço razoável para substituí-lo naturalmente.

Agora, porém, as alternativas de lâmpadas fluorescentes e em LED atendem à demanda, se tornando cada vez mais presentes no mercado nos últimos anos.

Compartilhe:
icone de linkCopiar link