Nintendo Switch ganha versão mais barata com foco em portabilidade

Aparelho exclusivamente portátil terá sete horas de bateria e será 100 dólares mais barato que o original

por Matheus Fiore

O sucesso absoluto do Nintendo Switch parece estar incentivando a Nintendo a buscar novas formas de lucrar em cima de seu principal produto nesta década. O Switch, que já vendeu mais de 35 milhões de unidades desde seu lançamento, em 2017, ganhará uma versão mais barata e focada na portabilidade.

Com lançamento agendado para o próximo 20 de setembro, o Nintendo Switch Lite custará 200 dólares (100 a menos que o modelo padrão). Trata-se de uma versão menor, com uma tela de 5.5 polegadas e resolução de 720p. A título de comparação, o modelo padrão possui tela de 6.2 polegadas.

Um dos diferenciais do Switch Lite é sua portabilidade. A bateria, por exemplo, durará em torno de sete horas, enquanto o modelo lançado em 2017 possui uma bateria de três horas. Em contrapartida, o aparelho demorará meia hora a mais para carregar – um preço pequeno a se pagar por uma bateria com o dobro de duração, claro.

O grande diferencial negativo, porém, é o fato de o Switch Lite não poder ser encaixado no dock para que o usuário jogue seus jogos em uma televisão. O Lite não só é planejado para uso exclusivamente portátil, e o visual do aparelho até lembra um pouco o do Gameboy Advance.

De certa forma, esta é a primeira vez que a Nintendo investe pesado em um console portátil desde o lançamento do Nintendo 3DS, lançado no começo da década e que posteriormente teve versões alternativas lançadas.

Compartilhe: