Netflix deve começar a divulgar mais dados de audiência aos produtores de conteúdos originais

Empresa já havia confirmado esta semana a introdução de um top 10 de filmes e séries na plataforma

por Pedro Strazza

A Netflix desde sempre mantém uma postura firme contra a divulgação pública de quaisquer dados de audiência relacionadas às séries e filmes presentes em sua plataforma. É uma medida protecionista que lhe serve bem quando para manter controle sobre o desempenho da empresa no mercado, mas que sem dúvida desagrada a peças importantes do mercado como analistas e criativos. Este cenário deve mudar em breve, porém, pois pelo visto há planos de permitir acesso a produtores sobre parte destes dados.

A informação vem de um painel realizado no Festival do Berlim, onde de acordo com o Deadline a diretora de produções internacionais da Netflix Rachel Eggebeen confirmou que a ideia da empresa é compartilhar mais informações de audiência com os responsáveis pelas séries e filmes originais da plataforma.“Nós começamos recentemente a divulgar mais dados a nossos produtores e isto com certeza deve continuar” chegou a afirmar a executiva no evento, que contou com a presença dos showrunners de “Dark”, “Luna Nera”, “Ragnarok”, “Quicksand” e “Unorthodox”.

Embora nenhum dos participantes tenha especificado na ocasião quais dados foram liberados para sua consulta, o Deadline reporta que a impressão inicial é de que a Netflix não deve ir além de uma transparência parcial sobre estes números, divulgando aos criativos apenas o necessário para orientá-los sobre o status de suas projetos em relação a público.

A “abertura” informacional da empresa coincide com o lançamento de uma nova ferramenta de ranqueamento na plataforma, que desde o início desta semana vem exibindo um top 10 de produções mais assistidas. Com opções de visualização para filmes e séries, a função não disponibiliza dados específicos sobre o desempenho das “campeãs” no streaming, mas foi exaltada por Eggebeen no painel por trazer à tona a ótima audiência dos programas localizados nos países para os quais foram elaborados.

Compartilhe: