Começando pelo Brasil, Twitter lança Fleets, sua ferramenta semelhante aos stories

Funcionalidade disponível a partir de hoje para os brasileiros foi pensada para ser uma nova forma de compartilhar ideias e opiniões momentâneas

por Soraia Alves

O Twitter está lançando no Brasil o teste para uma nova ferramenta chamada Fleets. A funcionalidade, disponível a partir de hoje, 04/03, foi pensada para ser uma nova forma de compartilhar ideias e opiniões momentâneas, e seu funcionamento é semelhante aos já conhecidos “stories” de outras redes sociais, como o Instagram.

Em conversa com o B9, Suzanne Xie e Mo Al Adham, ambos gerentes de produto do Twitter, explicaram que os testes da funcionalidade começam pelo Brasil, uma vez que “o público brasileiro é um dos que mais conversa no Twitter, as pessoas seguem bastante umas às outras, são muito engajadas e participativas tanto do lado da produção quanto do consumo de conteúdo”.

No Fleets, as postagens desaparecem depois de 24 horas e não têm retweets, curtidas ou comentários públicos. Para responder a um Fleet, basta clicar nele para enviar uma Mensagem Direta (DM) ou emoji, e dar continuidade a essa conversa via DM. Assim como os tweets, os Fleets são baseados primariamente em textos, mas também é possível incluir vídeos, GIFs ou fotos.

Os usuários poderão visualizar os Fleets, localizados no topo da Página Inicial, apenas dos perfis que já seguem. Porém, qualquer pessoa que acessar um perfil completo também pode encontrar os Fleets ali. Se as suas DMs são abertas, qualquer pessoa também consegue reagir aos seus Fleets.

“Para nós, o desafio do consumidor é muito claro: algumas pessoas no Twitter não se sentem tão confortáveis em tweetar o que vem à cabeça pelo fato de os tweets serem públicos, permanentes e exibirem número de curtidas e retweets, além de comentários públicos. Então, nós realmente quisemos resolver esse desafio e nossa ideia para isso foi criar um espaço de menos ‘preocupação’, de um maneira que as pessoas pudessem compartilhar seus pensamentos corriqueiros, que desaparecem após 24 horas”, comentam os gerentes.

Com base na experiência brasileira, o Twitter pretende receber feedbacks e, posteriormente, estender a ferramenta para outros países: “Queremos focar só no Brasil por alguns meses para mensurar e reunir feedbacks dos usuários sobre os Fleets e, então, possivelmente, partimos para outros lugares, mas pelos próximos meses só no Brasil”.

Diferente do stories do Instagram, por exemplo, o Fleets conta com poucas ferramentas de edição, a fim de deixar o recurso “tão simples que você vai estar apenas publicando seus pensamentos corriqueiros, sem ter que cuidar de cada postagem e fazer com que pareça de uma determinada maneira, porque isso é um tipo de pressão sobre você como criador que queremos evitar”, explicam.

O Fleets estará disponível a partir de hoje, aparecendo para todos os usuários brasileiros no decorrer desta semana, somente no aplicativo do Twitter, tanto para iOS quanto para Android.

Compartilhe:
  • tags: